Curso para Designado de CIPA

O profissional designado é tão importante para a segurança do trabalho como a própria CIPA, quando falamos de algo coletivo, toda a empresa tem a necessidade de contar com serviços voltados a CIPA. O contrário do que a maioria das pessoas pode pensar, toda a empresa precisa ter o envolvimento de CIPA, e quando não tiver uma eleição para escolher os profissionais é necessário que exista uma designação para trabalhar com o sistema de CIPA. O profissional designado de CIPA tem a função de realizar todo o trabalho voltado ao sistema de segurança e prevenção. A Comissão interna de prevenção de acidentes é definitivamente fundamental para um bom andamento de diversos tipos de questões de segurança do trabalho e na empresa também. Sempre que a CIPA e o SESMT conseguem trabalhar juntos, o resultado é interessante e positivo.

A CIPA nada mais é do que uma comissão formada por diversos empregados de empresa para trabalhar em busca de saúde e segurança para a execução do trabalho. A norma que estabelece a importância do sistema neste sentido é a NR 5. Os membros da CIPA sempre são funcionários que costumam dividir o seu tempo trabalhando e voltado à mistura de exercer a função que foi contratado bem como executar o trabalho voluntário para esta prevenção.

Atribuições da CIPA

Dentre algumas das principais atribuições da CIPA podemos citar a discussão e investigação de possíveis acidentes ocorridos em empresas e acidentes de trajetos. É possível sugerir algumas medidas diferenciadas de prevenção e de neutralização de todos os seus riscos voltados ao ambiente de trabalho que acabam sendo julgadas necessárias. Entre outras atribuições. O profissional designado para fazer parte da CIPA precisa contar com uma série de atribuições diferenciadas, dentre as empresas que realizam este tipo de curso podemos citar o Curso NR10. Com isto é possível se contar com um ambiente de trabalho muito mais seguro e de maior qualidade para a saúde de todos.

A CIPA possui algumas atribuições importantes como a identificação de riscos nos mais diversos ambientes de trabalho, criando um mapa de identificação dos mesmos. Tem a responsabilidade por elaborar planos de trabalho, nos quais poderão possibilitar ações tanto de solução, quanto de prevenção, considerando problemas de saúde e segurança no trabalho. A comissão também realiza verificações semestrais de análises de riscos em condições de execução de trabalho. Incluem-se como função dessa comissão participar de discussões, palestras e outros que envolvam o empregador, avaliando, então, os processos de trabalho que estejam de algumas formas relacionadas com a saúde e a segurança dos trabalhadores.

Objetivo e conteúdo do curso para designado do CIPA

O curso visa treinar os designados da CIPA conforme as exigências legais estabelecidas pela NR 5,  do Ministério do Trabalho. O conteúdo é bastante abrangente e dará todo suporte necessário para que o profissional aprenda técnicas e maneiras de segurança para empresas. Entre o conteúdo programático estão; Estudo do Ambiente, das condições de trabalho, bem como dos riscos originados do processo produtivo, Metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças do trabalho, Introdução à Segurança do Trabalho, Noções sobre a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e medidas de prevenção.

Noções sobre as legislações trabalhistas e previdenciárias relativas à Segurança e Saúde no trabalho, Princípios gerais de higiene do trabalho e de medidas de controle dos riscos, Atribuições do membro da CIPA, NR 5, Equipamentos de Proteção Individual, Mapa de Riscos, Simulação de ocorrência entre outros.

 


Quero Saber os Próximos Cursos Cadastre-se Agora!

   
A sua informação está segura conosco e nunca será compartilhada.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!